Entendendo a Estrutura das EJs

Quando se fala de multidisciplinaridade dentro de extensões acadêmicas, o ecossistema empreendedor universitário que o MEJ proporciona desempenha um papel importantíssimo em entregar, por meio da experiência em um ambiente empresarial, formas de desenvolver profissionalmente seus alunos.

As Empresas Juniores estão sempre se renovando para manter as suas estruturas e operações mais próximas ao que faz sentido para o mercado no qual o aluno se inserirá futuramente, pensando desde operações e processos mais simples até a execução de projetos mais complexos e de altos níveis de personalização.

Em poucas palavras, a estrutura das Empresas Juniores segue um padrão de fácil implementação e escalabilidade em que a grande maioria das Empresas Juniores tem os setores que são essenciais e que mantêm o funcionamento de qualquer empresa sênior, como Comercial e Gestão de Pessoas, setores que possibilitam ao membro desenvolver habilidades que são diferenciais no mercado de trabalho.

Desde o primeiro contato feito com um cliente pelo setor comercial de uma Empresa Júnior, até a assinatura de um contrato pelo Adm. Financeiro e a execução feita pelo setor de Projetos composto pelos empresários juniores, todos os processos correm em harmonia, proporcionando aos envolvidos excelentes possibilidades de desenvolvimento antes de ir para o mercado de trabalho. Compreendendo, assim, todas as etapas envolvidas não só na entrega de um projeto, como também no acompanhamento junto de clientes (customer success) para verificar se as demandas solicitadas estão sendo atendidas de acordo com as especificações.

É interessante ressaltar que uma das principais diferenças entre a Empresa Júnior e a Empresa Sênior está na diferença de preços cobrados, visto que as empresas juniores não possuem as obrigações legais trabalhistas e tributárias, além do ambiente flexível que as EJs têm para testes e inovações em gestão e gestão de projetos. O Empresário Júnior trabalha voluntariamente e é movido pela vontade constante de aprender e crescer juntamente com sua EJ e pela missão de transformar o Brasil em um país mais ético, colaborativo, educador e empreendedor.

Com o ambiente seguro e a vontade dos empresários juniores de fazer mais e melhor, a qualidade dos projetos se equipara a de projetos entregues por empresas sênior. As empresas juniores também contam com o apoio constante de professores das universidades, além de treinamentos de alto nível que o ecossistema do Movimento Empresa Júnior proporciona para esses alunos.

Se ainda restam dúvidas sobre as vantagens de contratar uma Empresa Júnior ou até mesmo sobre como fazer parte de uma, você pode nos contatar! Nos mantemos abertos para sanar quaisquer dúvidas.